Curva de Crescimento e Obesidade Infantil

Os quilinhos a mais podem causar inúmeros problemas na idade adulta. Uma criança obesa em idade pré-escolar tem 30% de chances de virar um adulto “rechonchudo”. O risco sobe para 50% caso ela chegue à adolescência ainda com sobrepeso. Isso acontece porque as células adiposas vão ficando cada vez mais cheias de gordura, até que estouram e se multiplicam.

Há fatores emocionais, hormonais e genéticos que podem causar a obesidade, por esta razão é imprescindível o acompanhamento do médico pediatra. O profissional irá estabelecer as chamadas “curvas de crescimento” que ajudam a avaliar a proporcionalidade entre o peso e altura dos pequenos.

Pensando na importância desses números no acompanhamento médico dos baixinhos, a Urano desenvolveu a Balança Pediátrica UBB 15/5. Além do design compacto e moderno, a UBB também garante o conforto dos bebês. O cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), em que se divide o peso pelo quadrado da altura, também é muito usado pelos especialistas para calcular as “curvas” dos maiorzinhos. Nesses casos, a Balança Personal UP 150 representa uma excelente opção, já que realiza automaticamente o cálculo do IMC.

Fonte: Artigo baseado na matéria de capa da Revista da Urano nº 4 – Ano 2 – Jan/Mar 2009, sobre Obesidade Infantil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *